Porque O Brasil Perdeu A Copa

A derrota do Brasil na copa ainda é motivo de discussão entre os torcedores. Mas basta um pouco de informação para perceber as causas do fracasso do Brasil na copa de 2006. Jornais indicam que houve um racha no grupo de jogadores. De um lado os jogadores experientes, e de outro, os jovens jogadores, indignados com o tratamento preferencial dado por Parreira aos jogadores mais experientes. Essa situação desconfortável se tornou evidente no desenrolar dos acontecimentos após a derrota. Poucos choraram. A maioria reagiu com certa indiferença após o término do jogo, principalmente o do grupo dos mais experimentados, como se fosse uma tragédia anunciada. No dia seguinte, o grupo se desmonta, cada um seguindo seu caminho, mas todos querendo se esconder da mídia, pois o desgaste seria ainda maior. Vaias e xingamentos acompanharam a despedida do Brasil na Alemanha. E o maior erro de Parreira foi sem dúvida, a perda do controle sobre o grupo. Isso é fato. Por mais que pareça fictício, essa é a hipótese mais provável que explicaria o fiasco da seleção brasileira nesta copa. E a união do grupo é fundamental para foca-la em um objetivo vitorioso. Isto foi visível em 1958, em 1962, em 1970 e em 2002. Como também a sua ausência foi determinante nas derrotas de 1990, 1974, 1966, 1934 e agora.

Autor: Kazzttor

André Arruda dos Santos Silva, ou Kazzttor, é paulistano. Oriundo de família humilde, mas trabalhadora, viveu seus primeiros anos de sua infância no bairro do Ipiranga, cidade de São Paulo, e em seguida, mudou-se com sua família para Diadema, município vizinho, onde vive até hoje. Ativista, blogueiro, professor de informática, amante de tecnologia, esportes e artes, André procura em suas manifestações intelectuais escritas em seus blogs ou nas organizações as quais faz parte, mostrar um jeito mais humano, irreverente e diferente de ver e entender o mundo. Atualmente é universitário, bancário, participante de atividades sindicais, políticas e ideológicas, sempre tendo como objetivo buscar nos princípios éticos e de respeito mútuo a chave de uma sociedade mais harmônica e humanamente sustentável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s