Os Grandes De Sp Não São Mais Os Mesmos?

Olhei para a tabela de classificação do Paulistão-08 hoje, e tomei um susto: se a primeira fase do campeonato terminasse hoje, nenhum grande clube do estado estaria nas semifinais. O São Paulo é o quinto, o Corinthians é décimo, e Palmeiras e Santos, rigorosamente iguais, dividem a décima-quinta posição. Por incrível que possa parecer, a zona de classificação do paulista virou uma “festa do interior” com Guaratinguetá, Ponte Preta, Noroeste e Ituano. Deve haver uma explicação para a atuação destacada dos ‘pequenos’ e a atuação discreta dos ‘grandes’. A começar pelo curto espaço de tempo para os grandes de sp tiveram para preparar suas equipes, algumas delas totalmente reformuladas, caso do Corinthians, e com mudanças na comissão técnica, casos de Corinthians, Santos e Palmeiras, com a chegada de Mano Menezes, Émerson Leão e Wanderley Luxemburgo, respectivamente. Isso contrasta com os times já prontos e entrosados do interior, que tiveram um tempo de preparação maior e possuem equipes inalteradas há mais tempo, e portanto, melhor entrosadas. Some isso a um campeonato em ritmo frenético e curto em que é preciso ter uma boa arrancada para seguir adiante. E para isso é preciso ter lenha para queimar, e isso os ‘grandes’, exceto o São Paulo, até então o único invícto neste certame, não tem, enquanto os ‘pequenos’ tem de sobra. Sem contar que o campeonato paulista é uma vitrine do futebol brasileiro, e uma oportunidade de renda para os clubes de menor expressão no estado, pelo público que os grandes clubes atraem, e pelo interesse que esses clubes podem ter por seus atletas destacados. Por isso os pequenas jogam tudo neste campeonato e pelo visto, estão se saindo bem, não se sabe até quando.

Autor: Kazzttor

André Arruda dos Santos Silva, ou Kazzttor, é paulistano. Oriundo de família humilde, mas trabalhadora, viveu seus primeiros anos de sua infância no bairro do Ipiranga, cidade de São Paulo, e em seguida, mudou-se com sua família para Diadema, município vizinho, onde vive até hoje. Ativista, blogueiro, professor de informática, amante de tecnologia, esportes e artes, André procura em suas manifestações intelectuais escritas em seus blogs ou nas organizações as quais faz parte, mostrar um jeito mais humano, irreverente e diferente de ver e entender o mundo. Atualmente é universitário, bancário, participante de atividades sindicais, políticas e ideológicas, sempre tendo como objetivo buscar nos princípios éticos e de respeito mútuo a chave de uma sociedade mais harmônica e humanamente sustentável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s