>É hora de despertar

>

Observo a cada dia, mais e mais jovens se afundando no universo obscuro das drogas. A muitos que conheço não canso de aconselhar. Muitos acham que este é um esforço inútil, visto que não possuem o interesse de mudar esse paradigma, mas temos que continuar essa luta ferrenha contra a destruição do futuro.

Nossa sociedade está se tornando auto-destrutiva. Há uma inversão de valores. Os valores financeiros e físicos estão se sobrepondo aos valores de caráter e de personalidade. Os padrões se impõem às diversidades, marginalizando as pessoas de personalidade forte. Se você não está na onda, você não é nada.

Isso me preocupa. Nas regiões periféricas, as pessoas jovens são instuídas a agir com rebeldia, mas uma rebeldia selvagem, criminosa, a ponto de achar que é bom ser mal.

É hora de despertar. De mostrar a esses jovens sem orientação pelo menos um exemplo de que é preciso remar contra essa maré de insanidade que contagia as pessoas. É preciso fazê-los entender que com esforço e dedicação, é possível transformar para melhor o lugar onde vivem, acabar com a criminalidade e se renovarem.

Educação, incentivo, conscientização e força de vontade são fundamentais para transformar essa situação. Basta instigar-lhes as idéias certas para que, como uma reação em cadeia, as vidas se transformem e a sociedade melhore como um todo. O esforço deve ser coletivo e todas das áreas devem estar envolvidas.

É hora de despertar, despertar para um futuro viável, antes que seja tarde.

Autor: Kazzttor

André Arruda dos Santos Silva, ou Kazzttor, é paulistano. Oriundo de família humilde, mas trabalhadora, viveu seus primeiros anos de sua infância no bairro do Ipiranga, cidade de São Paulo, e em seguida, mudou-se com sua família para Diadema, município vizinho, onde vive até hoje. Ativista, blogueiro, professor de informática, amante de tecnologia, esportes e artes, André procura em suas manifestações intelectuais escritas em seus blogs ou nas organizações as quais faz parte, mostrar um jeito mais humano, irreverente e diferente de ver e entender o mundo. Atualmente é universitário, bancário, participante de atividades sindicais, políticas e ideológicas, sempre tendo como objetivo buscar nos princípios éticos e de respeito mútuo a chave de uma sociedade mais harmônica e humanamente sustentável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s