Chegou A Tv Digital

Finalmente chegou para mim a TV Digital.Compreisexta-feira passadaum one-seg AOC por R$ 199,00, que por sinal está vendendo como água.Mandei minhas imperssões a um fórum de áudio e vídeo e transcrevo abaixo:

  1. A resolução do one-seg é 320×180 em proporção widescreen (16:9).
  2. Programas em alta resolução são recebidos no one-seg preenchendo toda a tela. Programas em resolução padrão ainda são transmitidos em resolução letterbox (4:3) e deixam duas faixas verticais na tela.
    • Eu particularmente acho legal transmissões widescreen para one-seg’s pois apesar do sinal robusto, pois é possível ver o mesmo conteúdo que as pessoas assistem em alta resolução, e venhamos e convenhamos é muito melhor ver a novela, o jogo e até a corrida de fórmula 1 em widescreen.
  3. O one-seg não é detectado por outros programas exceto o do fabricante. Não é possível, por exemplo, abrir o one-seg no Media Player Classic ou no Presto! PVR.
  4. Pelo que vi não há DRM no sinal. A codificação para evitar cópia não autorizada é feita pelo software através de uma dll (RSA_DLL.dll) e a chave de criptografia está gravada no registro do windows localizada na chave HKEY_LOCAL_MACHINESOFTWAREDTVApplication registrada no valor “DES Information” com uma string hexadecimal em que está incluída ao converter para ascii o texto: “ISDB-T 1 Segment DES File“. Como há um impasse quanto a DRM entre emissoras e governo certamente essa medida foi adotada para evitar cópias não autorizadas de programas e que os fabricantes fossem responsabilizados por pirataria de programas de TV. Os arquivos gravados não podem ser abertos (exceto pelo software fornecido pelo fabricante) ou convertidos, estão criptografados.
  5. As emissoras ainda não estão completamente preparadas para transmitir em HDTV. A Globo transmite apenas alguns programas em alta definição e em eventos ao vivo de produção própria, a transmissão ainda não é completa, há câmeras durante o evento que ainda transmitem em resolução standard (no one-seg a resolução dos programas em stardard é de 240×180). Apesar de a Band dizer que transmite toda a programação em HDTV, alfuns programas e comerciais estão es resolução standard. O sinal da TV Cultura (São Paulo) é fraco e não vi em lugar nenhum que usei o one-seg.
  6. É inviável usar o one-seg em veículos. A qualidade do sinal é muito instável. Esse teste foi feito por mim, na Avenida Paulista dentro de um ônibus em movimento, às 10 da noite usando o one-seg ligado a um notebook. Detalhe: a maioria das antenas de TV de São Paulo se encontram nessa região.
    • Antes de mais nada é preciso analisar em que condições foi feito esse teste: com um one-seg ligado a um notebook. Primeiro porque o existem muitas variantes que podem interferir no resultado, por exemplo, a carga da bateria, os obstáculos físicos, como prédios. É evidente que os testes terão resultados melhores se usarmos set-top boxes em vez de one-seg’s. Moro a cerca de 15 km em linha reta das antenas da Psulista mas em relevo elevado o que faz com que as transmissões analógicas sejam quase cristalinas e as transmissões digitais tenham boa qualidade.
  7. Somente a Globo disponibiliza EPG (Guia eletrônico de programas).
    • Em relação ao EPG, o one-seg somente captou o serviço pela Globo e não captou das demais emissoras, mas há registros que outras emissoras transmitam EPG, mas via Set-Top box.
  8. A antena do meu one-seg é extremamente frágil quebrou com uma facilidade incrível. Tive que improvisar uma para fazer funcionar, pois sem antena o one-seg é impapaz de captar os sinais digitais.
  9. Talvez seja possível descriptogravar os vídeos gravados procurando quebrar ou burlar a criptografia AES. Ou ainda desenvolver uma RSA_DLL.dll inócua, que funcionaria como um placebo de um remédio, ou seja, uma dll que o programa reconheça, mas que na prática não aplica a criptografia aos arquivos.
  10. É possível evoluir e conseguir gravar vídeos, mas a qualidade de um vídeo one-seg depende muito da qualidade do sinal. Há uma linha tênue entre boa qualidade e qualidade ruim nas transmissões digitais, variando entre boa qualidade, qualidade ruim e sem sinal.
  11. Gravação de vídeos só seria viável quando chegarem as placas de TV digital Full-Seg em que seria possível capturar programas em alta resolução, mas isso depende de DRM e também exige equipamento de altíssima performance, como Placa de Vídeo com GPU e boa memória para assistir aos programas e excelente memória ram (1 giga ou mais) e processador (3 GHz ou mais multicore) e bastante espaço em disco (um HD ou Raid de 1 TBou mais e talvez gravador de BluRay) para guardar os vídeos gravados.

Há também rumores de que cheguem placas de TV Digital Full-Seg em breve o que permitiriam gravação de programas em alta definição, mas já tem gente gravando programas da TV digital e lançando na net (veja aqui). A TV Digital está chegando a nossos lares.

Autor: Kazzttor

André Arruda dos Santos Silva, ou Kazzttor, é paulistano. Oriundo de família humilde, mas trabalhadora, viveu seus primeiros anos de sua infância no bairro do Ipiranga, cidade de São Paulo, e em seguida, mudou-se com sua família para Diadema, município vizinho, onde vive até hoje. Ativista, blogueiro, professor de informática, amante de tecnologia, esportes e artes, André procura em suas manifestações intelectuais escritas em seus blogs ou nas organizações as quais faz parte, mostrar um jeito mais humano, irreverente e diferente de ver e entender o mundo. Atualmente é universitário, bancário, participante de atividades sindicais, políticas e ideológicas, sempre tendo como objetivo buscar nos princípios éticos e de respeito mútuo a chave de uma sociedade mais harmônica e humanamente sustentável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s