(-214) O que esperar do futuro?

Com quase todas as metas próximas de serem atingidas antes de faltar 100 dias para a data-final (12/03/2009, meu 10000° dia de vida) vão me questionar se a missão foi cumprida.
A resposta é óbvia: claro que não. Além de atingir as metas restantes, é preciso manter os resultados positivos já alcançados, o que é muito mais difícil. Vou citar as minhas marcas para exemplificar. Parei de fumar há mais de 4 meses, mas sempre que vejo alguém fumando, sinto uma compulsão ao qual tenho que resistir. Em relação às dívidas, além de abater as que me restam, preciso controlar os gastos para não mais me tornar inadimplente. E para melhorar minha forma física, preciso controlar a alimentação e, principalmente, aumentar a carga de exercícios.

Autor: Kazzttor

André Arruda dos Santos Silva, ou Kazzttor, é paulistano. Oriundo de família humilde, mas trabalhadora, viveu seus primeiros anos de sua infância no bairro do Ipiranga, cidade de São Paulo, e em seguida, mudou-se com sua família para Diadema, município vizinho, onde vive até hoje. Ativista, blogueiro, professor de informática, amante de tecnologia, esportes e artes, André procura em suas manifestações intelectuais escritas em seus blogs ou nas organizações as quais faz parte, mostrar um jeito mais humano, irreverente e diferente de ver e entender o mundo. Atualmente é universitário, bancário, participante de atividades sindicais, políticas e ideológicas, sempre tendo como objetivo buscar nos princípios éticos e de respeito mútuo a chave de uma sociedade mais harmônica e humanamente sustentável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s