(-48) Recuar um passo para avançar dois

Quando eu me matriculei na Fatec, cogitei a possibilidade de solicitar aproveitamento dos meus estudos, já que afinal, já havia cursado 1 ano e meio do mesmo curso em duas faculdades diferentes, mas acabei mudando de idéia, optando por refazer o curso inteiro. Cheguei a essa conclusão pois o estilo de faculdade ministrado numa universidade pública, é bem diferente da particular, que possui um conteúdo comercial, padronizado para ser menos difícil e mais adaptado a soluções convencionais de estrutura de TI. Vejam as notícias sobre o universo acadêmico. Poucas são as instituições particulares que se destacam com projetos e soluções.

Acabei me lembrando de um conto curioso. Um garoto tinha que escolher entre duas moedas qual a mais valiosa, podendo ficar com ela: uma de 50 centavos de dólar, maior e mais pesada, e a de um dólar. E o garoto sempre escolhia a de 50 centavos.  E todos riam da tolice do garoto. Então um homem com pena do garoto explicou que, apesar de ser a mais pesada e maior, a moeda de 50 centavos não era a mais valiosa. Então o garoto sorriu, e respondeu que sabia disso, mas se escolhesse a moeda de um dólar, as pessoas iriam parar de oferecer moedas a ele.

Refazer a faculdade pode ter sido um desperdício de tempo e dinheiro (aliás bastante dinheiro), mas certamente, daqui a três anos, ao me formar, certamente terei a certeza de que todo o esforço e o retrocesso que fiz, valeram a pena, e me impeliram a um patamar ainda mais elevado, do que se tivesse continuado na faculdade particular. Espero ter acertado na decisão.

Autor: Kazzttor

André Arruda dos Santos Silva, ou Kazzttor, é paulistano. Oriundo de família humilde, mas trabalhadora, viveu seus primeiros anos de sua infância no bairro do Ipiranga, cidade de São Paulo, e em seguida, mudou-se com sua família para Diadema, município vizinho, onde vive até hoje. Ativista, blogueiro, professor de informática, amante de tecnologia, esportes e artes, André procura em suas manifestações intelectuais escritas em seus blogs ou nas organizações as quais faz parte, mostrar um jeito mais humano, irreverente e diferente de ver e entender o mundo. Atualmente é universitário, bancário, participante de atividades sindicais, políticas e ideológicas, sempre tendo como objetivo buscar nos princípios éticos e de respeito mútuo a chave de uma sociedade mais harmônica e humanamente sustentável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s